VISITANTES

sexta-feira, 31 de julho de 2009

ENQUETE: A CIGARRA E A FORMIGA



URGENTE! LEIA O TEXTO ABAIXO E PARTICIPE DESTA ENQUETE: A CIGARRA DEVE SER CONDENADA OU NÃO?

A Cigarra e a Formiga é uma das fábulas atribuídas a Esopo e recontada por Jean de La Fontaine.

Tendo a cigarra cantado durante o verão,
Apavorou-se com o frio da próxima estação.
Sem mosca ou verme para se alimentar,
Com fome, foi ver a formiga, sua vizinha,
pedindo-lhe alguns grãos para agüentar
Até vir uma época mais quentinha!

- "Eu lhe pagarei", disse ela,
- "Antes do verão, palavra de animal,
Os juros e também o capital."

A formiga não gosta de emprestar,
É esse um de seus defeitos.

"O que você fazia no calor de outrora?"
Perguntou-lhe ela com certa esperteza.

- "Noite e dia, eu cantava no meu posto,
Sem querer dar-lhe desgosto."

- "Você cantava? Que beleza!
Pois, então, dance agora!"

Bom fim de semana na presença de DEUS!



Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. Sl 51:17

Sonda-me, Senhor e me conhece, quebranta o meu coração
Transforma-me conforme a tua palavra
E enche-me até que em mim se ache só a ti
Então, usa-me, Senhor, usa-me
Como um farol que brilha à noite
Como ponte sobre as águas
Como abrigo no deserto
Como flecha que acerta o alvo
Quero ser usado, da maneira que te agrade
Em qualquer hora e em qualquer lugar, eis aqui a minha vida
Usa-me, Senhor, usa-me
Sonda-me, Senhor e me conhece, quebranta o meu coração
Transforma-me conforme a tua palavra
E enche-me até que em mim se ache só a ti
Então, usa-me, Senhor, usa-me
Como um farol que brilha à noite
Como ponte sobre as águas
Como abrigo no deserto
Como flecha que acerta o alvo
Quero ser usado da maneira que te agrade
Em qualquer hora e em qualquer lugar, eis aqui a minha vida usa-me Senhor, usa-me
Sonda-me, quebranta-me
Transforma-me, enche-me, e usa-me, Senhor.

B/ f/ de semana DEUS ABENÇOE

terça-feira, 28 de julho de 2009

Hoje é dia do Agricultor



Agricultor: Praticar a agricultura (ager, agri = campo; cultura = cultivo) é uma atividade árdua, pesada e exclusiva daqueles que têm amor e devotação à terra e à natureza, vocação esta cada vez mais rara no homem moderno. Sua profissão resume-se em uma arte ...a Agricultura, que é a arte de cultivar os campos e domesticar animais, com fins puramente utilitários ao homem...

Que possamos ser bons agricultores, como deseja o nosso PAI que está no céu!

JARDINEIRO, AGRICULTOR E SEMENTE.



JARDINEIRO, AGRICULTOR E SEMENTE.

Não quero falar do passado. As coisas boas que aconteceram e a lembrança dos amigos que pensei serem eternos devem ficar para sempre armazenadas no arquivo recordações.
As besteiras, e não foram poucas, intencionais ou não, ficarão armazenadas em um cantinho da memória de difícil acesso para que não se transformem em fantasmas que assustam.
Não quero olhar muito para o futuro.
Ele fica longe demais e mesmo com todo planejamento sempre tem uma força a interferir e no final sabemos com certeza que todos terão o mesmo fim.
As colheitas que virão darão frutos na mesma proporção ou multiplicarão as sementes que eu jogar no canteiro da minha vida ou da vida dos outros.
Sei que muitas vezes jogamos semente podre na terra achando que seus frutos serão saborosos.
Tenho plena consciência que muitos não têm condições de semear, então eu preciso aumentar o meu estoque de semente porque sei que a minha colheita terá que ser repartida.
“Saiu o semeador a semear e ao jogar a semente algumas caíram sobre a as pedras e foram queimadas pelo sou sol ou devoradas pelas aves, outras caíram sobre os espinhos e foram sufocadas, uma pequena parcela caiu em terra fértil e se multiplicaram em frutos bons e geraram novas sementes”.
Eu não preciso ser um semeador para entender que todas as sementes lançadas deveriam dar frutos doces e saborosos, os frutos amargos podem se transformar em iguarias de sonho e até mesmo as que caíram sobres os espinhos podem ser recolhidas e replantadas em novos canteiros.
A semente já foi lançada.
O semeador sabe onde e porque elas germinaram ou não.
E ao lançar a semente ele sabia que teria que contar com a ajuda de agricultores e jardineiros para que elas pudessem cumprir o seu papel de alimentar e enfeitar a humanidade
Eu preciso ser agricultor ou jardineiro para cuidar das sementes.
As que caíram sobre a terra fértil não precisam de tantos cuidados, por si só se multiplicam, só precisam ser adubadas todos os dias com os insumos da alma e do coração.
As que caíram sobre a pedra também não precisam de cuidados porque a natureza em sua sabedoria se encarregou de não deixá-las gerar frutos secos e sem gosto.
Precisamos ter um carinho especial com as que caíram sobre os espinhos.
Como bom jardineiro o agricultor experiente deve saber separar o joio do trigo.
Quantas sementes boas que poderiam produzir frutos de vida foram sufocadas pelo abandono de quem tinha obrigação de ser o jardineiro.
Muitos semeadores abandonaram as sementes que foram colocadas em sua vida e quando elas se transformaram em árvores negaram sua sombra àqueles que não souberam podar e regar na hora certa.
Por isto muitos velhos abandonados nos asilos choram a visita de alguém mais próximo e ela não vem.
E quantas sementes foram semeadas com carinho e quando se transformaram em árvores frondosas fingiram não conhecer o semeador.
Quantos jovens que eram sementes promissoras hoje se transformaram em frutos amargos deixando suas vidas sobre o controle do dono da droga.
Quantas pessoas abandonaram a Igreja e a religião onde foi doutrinado para correr atrás de falsos milagreiros que aprenderam a arte de semear o culto ao demônio para depois oferecer um deus que liberta. Este falso agricultor ou jardineiro nunca foi um semeador
Quantas escolas poderiam ser jardins.
Quantos hospitais poderiam ser jardins.
Quantas comunidades poderiam gerar safra de qualidade.
O mundo poderia ser uma grande estufa de conservação das espécies, o ser humano foi a principal semente lançada na terra para ser não só uma semente e sim o agricultor e o jardineiro.
Enquanto a principal semente não for prioridade e o homem achar que pode mudar a seu bel prazer os contornos da perfeição criadora do universo; enquanto a maioria não plantar para repartir e achar que toda a safra precisa ser distribuída com a minoria, os agricultores e jardineiros terão que usar a força para defender suas sementes.
Os jovens precisam assumir o lugar da semente e do semeador e não se deixar levar pelos donos da terra, é urgente plantar sementes de ecologia, de fraternidade, de partilha, de compreensão.
Deus foi o adubo que molhou a terra com seu sangue e quer que cada um de nós se sinta agricultor e jardineiro e adubo e semente de vida para que a paz volte a reinar.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Parabéns aos avós!



Uma avó, dizem, é uma mãe com açúcar. Um avô é um pai com doce de leite. Quase sempre os filhos se perguntam por que é que os seus pais, na qualidade de avós, deixam seus netos fazerem coisas que não permitiram a eles, filhos. Por que é que a avó deixa o netinho pular no seu cangote, dormir na cama entre ela e o avô, se não permitiu isso aos seus próprios filhos? Por que é que os netos, enfim, gostam, tanto da casa dos avós?

Os netos gostam dos avós porque eles são doces. Como a educação deles está sob a responsabilidade dos pais, eles não têm que se preocupar com este detalhe. Por isso, não se perguntam se está certo ou errado fazer um carinho ou um chamego a mais. Eles simplesmente fazem. Também porque, ao longo dos anos, amadureceram os sentimentos, amam de uma forma mais serena, com doçura. Por isso fazem aos netos muitas coisas que não fizeram aos seus filhos. Mesmo porque, quando se tornaram pais, eram jovens, inexperientes, estavam preocupados em sustentar a família, em educar bem os filhos, em tantas coisas que não lhes sobrava tempo para o que hoje fazem com seus netinhos.

Por tudo isso não tenha ciúmes dos avós. Permita que os seus filhos convivam com os velhinhos, que os amem e sejam amados. Naturalmente, ninguém pretende nem imagina que os avós serão descuidados ao ponto de estragar com mimos exagerados os filhos dos seus filhos. Contudo, carinho, doçura e atenção de vovô e vovó é algo que todos devemos experimentar. É uma experiência que os seus filhos levarão para as suas vidas e lhes fará bem, nos momentos da adversidade e de solidão.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Oração do AMIGO Gabriel Chalita



Para todos AMIGOS...
Vocês que são esses AMIGOS tão especiais....

Há muito se diz que,
quem encontrou um amigo,
encontrou um tesouro precioso.

Há muito se diz que,
amizade verdadeira dura pra sempre.

Não tem aquelas tempestades da paixão
e nem a calmaria exagerada do descompromisso.

É o meio termo.

É a bonita sensação do estar perto e,
de repente, deixar o silêncio chegar.

Não exige tanto. Exige tudo.
As amizades nascem do acaso.
Ou de alguma força que faz
com que uma simples brincadeira,
uma informação, um caderno emprestado,
uma dor seja capaz de unir duas pessoas.

E a cumplicidade vai ganhando corpo,
e o desejo de estar junto vai aumentando,
e, com ele, a sensação sempre boa do poder
partilhar, de se doar.

Há muito se diz que os amigos verdadeiros
são aqueles que se fazem presentes nos
momentos mais difíceis da vida,

Naqueles momentos em que a dor parece
querer superar o desejo de viver.

De fato,
os amigos são necessários nesses momentos.

Mas, talvez, a amizade maior seja aquela
em que o amigo seja capaz de estar ao lado
do outro nos momentos de glória,
e vibrar com essa glória.

Não ter inveja.
Não querer destruir o troféu conquistado.

Aplaudir e se fazer presente.
Ser presente.

A amizade não obedece à ordem
da proporcionalidade do merecimento.

Não há sentido em querer de volta
tudo o que com generosidade se distribuiu.

A cobrança
esmaga o espontâneo da amizade.

E a surpresa
alimenta o desejo de estar junto.

O amigo gosta de surpreender o outro com
pequenos gestos.
Coisas aqui e ali que roubam um sorriso,
um abraço, um suspiro.

E tudo puro, e tudo lindo.

Há muito se diz que não é possível
viver sozinho.

A jornada é penosa e, sem amparo,
é difícil caminhar.

Juntos, os pássaros voam com mais tranqüilidade.

Juntas, as gaivotas revezam a liderança
para que nenhuma delas se canse demais.

Juntos, é possível aos golfinhos
comentarem a beleza de um oceano infinito.

Juntos, mulheres e homens partilham momentos
inesquecíveis de uma natureza que não
se cansa de surpreender.

Eu te peço, Senhor,
nessa singela oração, que me dês a graça de
ser fiel aos meus amigos. São poucos.
E impossível seria que fossem muitos.
São poucos, mas são preciosos.

Eu te peço, Senhor,
que me afastes do mal da inveja que traz
consigo outros desvios.

A fofoca. A terrível fofoca que humilha,
que maltrata, que faz sofrer.

Eu te peço, Senhor,
que o sucesso do outro me impulsione a
construir o meu caminho,
e que jamais eu tenha ânsia de querer
atrapalhar a subida de meu amigo.

Eu te peço, Senhor, a graça de ser leal.

Que eu saiba ouvir
sempre e saiba quando é necessário falar.

Senhor,
sei que a regra de ouro da amizade consiste
em não fazer ao amigo aquilo
que eu não gostaria que ele me fizesse.
E te peço que eu seja fiel a essa intenção.

E sei que essa regra fará com que
o que se diz há tanto tempo se
realize na minha vida.

Que eu tenha poucos amigos,
mas amigos que permaneçam para sempre.
Não poderia ter muitos.
Não teria tempo para cuidar de todos.

E de amigo a gente cuida.
Amigo a gente acolhe, a gente ama.

Senhor, protege os meus amigos.

Que, nessa linda jornada,
consigamos conviver em harmonia.

Que, nesse lindo espetáculo,
possamos subir juntos ao palco.

Sem protagonista.
Ou melhor, que todos sejam protagonistas,
e que todos percebam a importância de estar ali.
No palco. Na vida.

Obrigado, Senhor,
pelo dom de viver e de conviver.

Obrigado, Senhor,
pelo dom de sentir e de manifestar
o meu sentimento.

Obrigado, Senhor,
pela capacidade de amar, que é abundante e é sem-fim.

Amém

PAZ E LUZ PARA TODOS VOCÊS!!!
  
 -:¦:- E -:¦:-

Um Dia Abençoado para todos!!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Texto sobre AMIGOS!!



BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
Machado de Assis

FELIZ DIA DO AMIGO! OBRIGADA POR VOCÊS EXISTIREM E SEREM NOSSOS AMIGOS!! DEUS VOS ABENÇOE RICAMENTE!!

sexta-feira, 17 de julho de 2009

REFLEXÃO!



Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Naquele momento ele se escondeu e ficou observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou se quer remover a pedra dali.
De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali. Após muita força e suor, ele finalmente, com muito jeito, conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele voltou a pegar a sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. Foi até ela e viu que a bolsa continha muitas moedas de ouro, e um bilhete escrito pelo rei que dizia:
'Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição”

Autor Desconhecido

Bom fim de semana na presença de DEUS! Abraços e fique na paz!!

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O que vem a ser a Gripe suína?



A gripe suína refere-se à gripe causada pelas estirpes de vírus da gripe, chamadas vírus da gripe suína, que habitualmente infectam porcos, onde são endémicas[2]. Em 2009 todas estas estirpes são encontradas no vírus da gripe C e nos subtipos do vírus da gripe A conhecidos como H1N1, H1N2, H3N1, H3N2, e H2N3.

Quando os vírus da influenza de diferentes espécies infectam simultaneamente o mesmo animal (como por exemplo o suíno), podem reorganizar-se geneticamente e originar uma nova estirpe de vírus, tal como aconteceu actualmente com a emergência deste novo virus circulante Influenza A/H1N1. A análise deste vírus sugere que ele tem uma combinação de características das gripes suína, aviária e humana. Especificamente, esta combinação não havia sido vista até agora em humanos ou em suínos, e a sua origem é ainda desconhecida. Mas, felizmente, a conclusão inicial é a de que o vírus se espalha mais facilmente entre os porcos, e o contágio de humano para humano não é tão comum e simples quanto o da gripe comum.

Em seres humanos, os sintomas de gripe A (H1N1) são semelhantes aos da gripe e síndroma gripal em geral, nomeadamente calafrios, febre, garganta dolorida, dores musculares, dor de cabeça forte, tosse, fraqueza e desconforto geral.[3].

O virus é transmitido de pessoa para pessoa, e o papel do suíno na emergência desta nova estirpe de virus encontra-se sob investigação. Contudo, é certo que não há qualquer risco de contaminação através da alimentação de carnes suínas cozinhadas. Cozinhar a carne de porco a 71 graus Celsius mata o vírus da influenza, assim como outros vírus e bactérias. [4]
Índice
[esconder

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Origem do Rock



A música rock (ou simplesmente rock) é um termo abrangente para definir gênero musical popular que se desenvolveu durante e após a década de 1960. Suas raízes se encontram no rock and roll e no rockabilly que emergiu e se definiu nos Estados Unidos da América no final dos anos quarenta e início dos cinqüenta, que evoluiu do blues, da música country e do rhythm and blues, entre outras influências musicais que ainda incluem o folk, o gospel, o jazz e a música clássica. Todas estas influências combinadas em uma simples estrutura musical baseada no blues que era "rápida, dançável e pegajosa".
No final dos década de 1960 e início dos anos setenta, o rock desenvolveu diferentes subgêneros. Quando foi misturado com a folk music ou com o blues ou com o jazz, nasceram o folk rock, o blues-rock e o jazz-rock respectivamente. Na década de 1970, o rock incorporou influências de gêneros como a soul music, o funk e de diversos ritmos de países latino-americanos. Ainda naquela década, o rock gerou uma série de outros subgêneros, tais como o soft rock, o glam rock, o heavy metal, o hard rock, o rock progressivo e o punk rock. Já nos anos oitenta, os subgêneros que surgiram foram a New Wave, o punk hardcore e rock alternativo. E na década de 1990, os sub-gêneros criados foram o grunge, o britpop, o indie rock e o nu metal.
O som do rock muitas vezes gira em torno da guitarra elétrica ou do violão e utiliza um forte backbeat (contratempo) estabelecido pelo ritmo do baixo elétrico, da bateria, do teclado, e outros instrumentos como órgão, piano, ou, desde a década de 1970, sintetizadores digitais. Junto com a guitarra ou teclado, o saxofone e a gaita (estilo blues) são por vezes utilizados como instrumentos solo. Em sua "forma pura", o rock "tem três acordes, um forte e insistente contratempo e uma melodia cativante".
A maioria dos grupos de rock são constituídos por um vocalista, um guitarrista, um baixista e um baterista, formando um quarteto. Alguns grupos omitem uma ou mais destas funções e/ou utilizam um vocalista que toca um instrumento enquanto canta, às vezes formando um trio ou duo; outros ainda adicionam outros músicos, como um ou dois guitarristas e/ou tecladista. Mais raramente, os grupos também utilizam saxofonistas ou trompetistas e até instrumentos como violinos com cordas ou cellos

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Gratidão!



Senhor, Se um dia eu estiver " cheio da vida" , com vontade de sumir, de morrer, insatisfeito comigo e com o mundo em torno de mim...
- Pergunta-me, apenas, se eu quero trocar a luz pelas trevas...
- Pergunta-me se eu quero trocar a fartura da mesa posta, pelos restos que tantos vem buscar no lixo... - Pergunta-me se eu quero trocar meus pés por uma cadeira de rodas... - Pergunta-me se eu quero trocar minha voz pelos gestos...
- Pergunta-me se eu quero trocar o mundo maravilhoso dos sons pelo silêncio dos que nada ouvem...
- Pergunta-me, se eu quero trocar o jornal que leio e depois jogo no lixo, pela miséria dos que vão buscá-lo para fazer dele seu cobertor...
- Pergunta-me, se eu quero trocar minha saúde, pelas doenças incuráveis de tanta gente... - Pergunta-me também, até quando não reconhecerei as Tuas bençãos, a fim de fazer de minha vida um hino de louvor e gratidão e dizer, todos os dias, do fundo de mim:
- Obrigado, Senhor!

Bom fim de semana na presença de DEUS!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Volta ao Trabalho!!



Texto: Você valoriza o seu trabalho?
Simone Castillo

Você já pensou no que seu trabalho representa para você ? Um meio de sustento, subsistência, algo penoso que deve ser cumprido todo dia... Existem muitas respostas que podem ser dadas mas uma coisa é verdadeira.. você nunca será feliz se não der o devido valor a seu trabalho.
O trabalho não deve ser encarado como um fardo, algo sofrido e massacrante. Passamos a maior parte de nossas vidas trabalhando, convivendo com pessoas que muitas vezes nada a tem a ver conosco então devemos tornar nosso lado profissional interessante e alegre. Como fazer isso? Primeiramente analisando se gostamos do que fazemos, pesando na balança os pontos positivos e negativos do nosso trabalho, do lugar em que trabalhamos, lembrando que em qualquer lugar que se trabalhe existem pontos bons e ruins.
Acredito que o ser humano não pode ser feliz atuando em algo que não goste. Esse é o primeiro ponto porém existem pessoas que só vêem o lado ruim das coisas, menosprezando o que existe de bom e desvalorizando seu local de trabalho. Pessoas assim também nunca serão felizes. É preciso enxergar a verdade e analisar se o que fazemos e aonde trabalhamos pode nos trazer ou nos traz felicidade.
Tanto se fala em qualidade de vida mas é fundamental que a qualidade comece em nosso trabalho, afinal não é fácil acordar todos os dias e sair rumo a um martírio. Por outro lado, para ser bem sucedido é condição básica gostar do que se faz. Ninguém tem sucesso atuando em algo que odeie. Portanto pense bem se o que você está fazendo hoje é o que realmente deseja estar fazendo e se chegar à conclusão que sim então dê o melhor de si e não tenha medo de sonhar e realizar afinal você já está no caminho certo. Se você chegar à conclusão que não, faça o possível para mudar, procure o que realmente quer independente do que os outros achem ou pensem porque você está no caminho errado.